29 dezembro 2005

Sonhos da Galinha Verde - I



Um dia, minha filha acordou-se assustada. Havia tido um pesadelo daqueles, assustadoramente real. Porém, no final, eis que aparece uma galinha verde que lhe confirma tratar-se de uma ilusão.

Quero sonhar com galinhas verdes! Terei o direito de ter todos os pesadelos e acordar-me sorrindo.

Pesadelo 1:


Converso com Lula...
- Lula, você sabia de tudo isso que o Valério está afirmando?
- Sim!
- Mas por que tu deixaste acontecer?
- Era o único jeito de me eleger!
- Mas quem te disse?
- O Duda Mendonça!
- É?
- Sim... ele me disse também que tenho que falar de ladinho pra ficar mais simpático.
- Sim, mas isso não é tão grave... Mais alguém sabia?
- Sim, todos da executiva do PT, mas a gente escolheu o Delúbio pra levar a culpa.
- E ele?
- Prometemos que nada ia acontecer, porque caixa dois não é crime.
- Sim, mas é a ética??
´

Eis que aparece a galinha verde e me acordo sorrindo.

10 comentários:

edu disse...

Poxa, Lulinha me decepcionou. Só falta ter pau pequeno, daí acabou-se de vez.

Beijo e feliz 2006.

Lata Mágica disse...

Feliz Ano Novo e obrigado por tudo!!

Paulo Silva disse...

Feliz Ano Novo.
Muita paz para todos.

Zuriñe Vázquez disse...

Que gracia! es una idea buena, también aquí las intoxicaciones de nuestra política son una pesadilla... Ay! la ética no existe ya en ese mundo! Abrazos y Feliz Año 2006

Julio Suárez Anturi disse...

Mi deseos por todo lo mejor en el 2006, Silvio.
¡Feliz año!

lena disse...

também gostei de passar por aqui, ainda vou sonhar com a galinha verde, eu que adoro o verde:

"pinto de verde o meu mar
um verde com tom de esperança
que procuro sempre encontrar"

um Feliz Ano Novo para ti

beijinhos meus


lena

edu disse...

E o primeiro beijo de 2006 é meu: BEIJO!!

romero disse...

ejejeje son todos iguales !
bueño año nuevo :)
abrazo

Hannah disse...

¿Habrá algún político integro, sincero, honesto, veraz, humilde, entregado al servicio de los ciudadanos...? Pues si no lo hay, la culpa es nuestra. La culpa es de todo hombre y/o mujer que dotado de esas cualidades no se convierta en político.

Un abrazo fraterno, Silvio y feliz 2006

Hannah

Anônimo disse...

Saludos desde Cuba, Zenia en:

http://imaginados.blogia.com

La diversidad dentro de la unidad nos hace más humanos.
Hay también una palabra en la mayoría de los discursos de los políticos del mundo: democracia
(poder del pueblo).
¡Cuánto puede el lenguaje variar las realidades¡