26 setembro 2007

No ar: planos - Capítulo 5


imagem daqui - O mesmo sol que iluminou o vôo 3054 da TAM antes de espatifar-se em São Paulo
.
O sol que se punha era uma chama que inflamava o céu e atravessava a nave onipotente. Ficava por trás de Itamar e Joelma abrigou-se em sua sombra para ouvi-lo falar. Ele falava de planos que tinha para o futuro, mas ela só queria saber que planos ele teria para essa noite. O sol teimava em fugir de trás de seu rosto e inundava seus olhos atentos. Ela não ousava interromper sua voz e flanava seus pensamentos junto aos dele num delírio que ainda não conhecera.
.
Itamar sentiu a presença imponente do sol que se escondia no horizonte e entrepôs-se entre ela e o astro, sem deixar de vez por outra deixá-lo inundar os olhos dela para vê-los brilhar em seu verde esmeralda, feito o mar nos trópicos. Falava das férias que gostaria de passar no Nordeste do país e preferiu não confessar que já os imaginava juntos andando na areia branca e comparando a cor do mar com seu olhar. Então diria que planejara o passeio naquele entardecer entre Porto Alegre e São Paulo quando se conheceram. Conteve-se para não beijá-la de surpresa; esperava mais que um instante. Dela queria todos, até o último minuto de sua vida.

3 comentários:

André Luiz de Castro disse...

Itamar reflete as chamas viva do sol que nos espreita mais que a nossa própia sombra. muito bom. valeu.

André Luiz de Castro disse...

Itamar reflete as chamas viva do sol que nos espreita mais que a nossa própia sombra. muito bom. valeu.

Mónica. disse...

Hermosa fotografía.

Mi primera visita a tu blog. Espero volver.
nos vemos.
Beijo.